Simbolos Celtas

Vários símbolos celtas são muito usados e comuns na wicca e na bruxaria.

Alguns deles:


TRISKLE, TRÍCELE OU TRISKELION(em grego)


O Triskle é um símbolo Celta que representa as três estações Celtas - Primavera, Verão, Inverno – como também a roda da vida –
Nascimento, Vida, Morte – os três estados de nossa natureza humana – Corpo, Mente, Alma – e divididos entre os lugares do planeta – Céu, Mar, Terra -.
O Triskle se parece com uma estrela de três pontas curvadas, o que representa o fluído do movimento.Representa as tríades da vida em eterno movimento e equilíbrio.
Para os Celtas o numero três é sagrado, pois representa às fases de tudo no universo, como tambem a forma tríplice da divindade (Jovem, Mãe, Anciã) e também da própria vida.


TRILUNA ou LUA TRÍPLICE

A Triluna representa os aspectos da Deusa; Virgem, Mãe e Anciã.
O símbolo começou a ser utilizado com o surgimento da  Wicca e das correntes New Age e neopagãs, e não possui relatos muito significativos entre povos antigos. Os antigos povos que adoravam deusas lunares comumente desenhavam círculos ou semicírculos (meia luas) como alusão a lua, mas não exatamente da forma como a triluna.
É atualmente muito usado pelas correntes neopagãs para simbolizar a polaridade feminina, tida como grande mãe, e seus aspectos de transformação em relação à lua, Virgem-lua crescente; Mãe – Lua Cheia e Anciã – Lua Negra. Serve como símbolo da Deusa e como um evocador de bênçãos da mesma.


Triquetra é um símbolo usado na magia, na bruxaria e na Wicca, e representa as três faces da Grande Mãe, a energia criadora do universo, cujas três faces são a Virgem, a Mãe e a Anciã. Também representava as estações do ano, que antigamente era dividido em três fases, primavera, verão e inverno.
A triquetra, em latim triquætra, é similar a um tríscele e pode ser interpretada como uma representação do Infinito nas três dimensões ou a Eternidade.Era um simbolo muito comum na civilização Celta devido o seu enorme poder de proteção. Encontrado inscrito em pedras, capacetes e armaduras de guerra, era interpretado como a interconexão e interpenetração dos níveis Físico, Mental e Espiritual.O círculo no meio, assim como no pentagrama, representa a perfeição e a precisão.Plagiado pelo Cristianismo, este símbolo passou a representar a trindade cristã, o Pai, o Filho e o Espírito Santo.


Como sempre, os links para os textos originais e das imagens originais estão inseridos no próprio texto, é só clicar!


UPDATE 05-12-13
Gente, não tô conseguindo publicar comentários no blog, então tô respondendo à Beatriz aqui mesmo, no pp post:


Oi, Beatriz!
Obrigada pela visita, e fique à vontade, tem muito mais "coisas celtas " no blog.
A coruja que v. fala é muito bonita, eu já conhecia. Até usei em uma das minhas colagens....heheheheh...

Parece que no meio dela tem um nó infinito, beeeeem celta. Se v. está procurando informações sobre padrões celtas, tente o site da Dover Publications (http://store.doverpublications.com/). Eles tem 2 livros sobre padrões celtas, além de inúmeras amostras grátis ( que eu sempre publico aqui no blog).

Outro lugar para pesquisar é o site da Karen: http://karenswhimsy.com/public-domain-images/
Na seção Public domain images tem vários padrões celtas, inúmeros deles já publicados aqui no blog.

Um abraço

Andrea Mariz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique por dentro das promoções!

Subscribe to our mailing list

* indicates required
Email Format

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...