Deuses ligados à paternidade

Deus Anu
Como amanhã é dia dos Pais, aqui vão alguns deuses ligados à paternidade:

Mitologia Mesopotâmica

ANU: O An sumério; pai dos deuses e deus do firmamento, o "Grande Acima". Segundo a cosmogonia suméria, havia em primeiro lugar o mar primitivo, de onde nasceu a montanha cósmica, que continha o céu, "An", e a terra, "Ki"; eles foram separados por Enlil. An então arrebatou o céu, e Enlil a terra. Anu mais tarde foi se tornando cada vez mais uma figura de fundo; ele teve um importante templo em Uruk. 
ENLIL: Deus da terra, do vento e do ar universal;
essencialmente, espírito; o deus que executa as vontades e as funções de Anu. Segundo a cosmogonia suméria, ele nasceu da união de An, o céu, com Ki, a terra. Ele separou os dois e arrebatou a terra para si. Mais tarde, suplantou Anu como o deus principal. Era o deus da cidade de Nippur. 

(fonte: TABERNA DO GUERREIRO)

Mitologia Egípcia

No princípio era o caos (Nun), representado pelas águas turbulentas do Rio Nilo, dentro do qual se ocultava Atum, escondido num botão de lótus. Este se manifestou sobre o caos, na forma do deus Rá, a primeira força que se transformou em um novo espirito da luz.

Deus Rá
O Sol, provedor da vida, era representado por Rá e o Faraó era a encarnação de Rá na terra, considerado divino; não se podia sequer mencionar seu nome, também porque este era considerado uma parte vital que acompanhava o morto ao céu e aos deuses. Destruindo-se o nome, pode-se destruir a pessoa, assim referiam-se a ele somente como "Faraó" que significa "Grande Morada" ou "Casa Real".

RÁ , um deus solar, foi cultuado em todas as dinastias. É a principal divindade egípcia. Pai de todos os deuses. É representado como um homem com cabeça de falcão (semelhante à Hórus) e em cima da cabeça o disco solar. Nas mãos a CRUZ ANSATA (ANK), símbolo da vida eterna. 

RÁ criou o primeiro casal de deuses, ele engoliu o próprio sêmen e vomitou, gerando assim os seus filhos divinos: SHU (deus ar) e TEFNUT (deusa umidade). Estes eram deuses andróginos que deram à luz a GEB (deus terra) e NUT (deusa céu).

OSÍRIS representa a paternidade, foi o rei dos deuses. Deus do Mundo dos Mortos.
Governou ao lado de sua esposa e irmã Ísis que já se amam dentro do ventre da mãe. Primeiro casal soberano sobre a Terra. Osíris era o rei e Ísis era o trono.


Osíris era também deus dos grãos no Egito. Espírito da Fertilidade que promove a germinação e crescimento das plantas e a reprodução dos animais. Ele era a força vital contida na inundação anual do Nilo. Criou a agricultura. (FONTE: OLHOS DE BASTET)

Mitologia Grega

Zeus
Neste link tem um trabalho muito interessante sobre MITOLOGIA E PATERNIDADE (Contribuições das narrativas gregas para a ilustração de padrões de paternidade contemporâneos) O objetivo do trabalho, segundo os próprios autores: Este estudo visa ilustrar, de forma sucinta, como o conhecimento das narrativas míticas pode colaborar para o entendimento de padrões de comportamento contemporâneos. Sugerimos que, a partir da utilização da mitologia grega como pano de fundo, seja possível amplificar as imagens dos deuses gregos, relacionando-as a padrões comportamentais associados à masculinidade, em geral, e à paternidade, em específico. A partir dessas noções, podemos tomar os deuses como personificações de determinados aspectos do arquétipo paterno ou de potenciais psíquicos que podem estar presentes tanto em homens como e mulheres.

Cito aqui também a bibliografia do estudo, por considerar interessante para o debate da paternidade.

Bibliografia
BOECHAT, Walter. O mito na teoria e na prática da psicologia analítica.
(sem data conhecida). Disponível em:
Mito_Teoria_Pratica.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2010.
BOLEN, Jean Shinoda. As deusas e a mulher: uma nova psicologia das mulheres. São
Paulo: Paulus, 2003.
BOLEN, Jean Shinoda. Os deuses e o homem: uma nova psicologia da vida e dos
amores masculinos. São Paulo: Paulus, 2002.
CAVALCANTI, Raïssa. O mundo do pai: mitos, símbolos e arquétipos. São Paulo:
Cultrix, 1996.
COLMAN, Arthur; COLMAN, Libby. O pai: mitologia e papéis em mutação. São
Paulo: Cultrix, 1990.
FARIA, Durval Luiz de. O pai possível: conflitos da paternidade contemporânea. São
Paulo: EDUC / FAPESP, 2003.

Neste link tem outra tese (O lugar do pai: uma construção imaginária, de José Maurício da Silva.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
CAMPEÕES ESPIRITUALIDADE PINTE O 7 Técnicas de Purificação 1000+ SAGRADO FEMININO orações Magia HUMOR 500-1000 DEUSAS MANDALAS CELTA WICCA Rituais Mitologia Histórias para Mulheres Magia 101 HISTÓRIAS DA CLARISSA ANJOS Contos de Fada MANDALAS PARA PINTAR 10.000+ NA MÍDIA Datas Comemorativas DIÁRIO MÁGICO Histórias Inspiradoras mitologia grega GATOS PRETOS Ho’oponopono Magia Lunar YANTRA PARA PINTAR tarot Livro das Sombras Mitologia Hindu MÃE MARIA Orações Celtas Roda do Ano SISTEMAS MÁGICOS galeria virtual #IBELIEVEINMAGIC Deusas Celtas Deusas Gregas Halloween MEU LIVRO SOBRE NOSSA SENHORA Meus livros Mitologia Celta NOSSA SENHORA DOWNLOAD MANDALAS CELTAS SIMBOLOS CELTAS Terapias Corporais DRAGOES PARA PINTAR Feitiços Imagens Wicca para pintar testes yantra Calendário de Luas Correspondências Dia dos Namorados Fadas Flores Fênix MANDALAS DE CONTEMPLAÇÃO Mitologia Egípcia PROSPERIDADE SEXTA FEIRA 13 Valentine's Day Deusas Egipcias Dragões Grande Invocação Horóscopos Lorde Kubera Meditação Mitologia Mesopotâmica TAROT PARA PINTAR Visualização Chacras Deusas Hindus Deusas de Avalon Deuses Deuses Egípcios Mulher Mãe Terra Pai Nosso artes mágickas Amor Bruxinhas Caibalion Cinderela Deusa Afrodite Deusa Gayatri Deusa Innana Deusa Ishtar Deusa Maat Deusas do Amor Diário dos Sonhos Faeries Ganesha Gnomos e Duendes Princípios Herméticos Pérolas Shiva Talismãs Tarot Wicca Tarot das Feiticeiras Tatwas roteiro #PROMO #PROMOCAO #LIVRODEGRACA 44 motivos celtas As 9 Musas Gregas As Horas As Moiras Barba Azul Baubo Branca de Neve CRIATIVIDADE Circe Cristina Cairo Cronos DOAÇÃO Deusa Adikia Deusa Arianrhod Deusa Astreia Deusa Bastet Deusa Cerridwen Deusa Deméter Deusa Diké Deusa Hera Deusa Inana Deusa Justittia Deusa Lakshmi Deusa Lalita Deusa Leto Deusa Morrigan Deusa Nêmesis Deusa Palas Atena Deusa Perséfone Deusa Rhiannon Deusa Réia Deusa Tara Deusa Tripura Sundari Deusa Têmis Deusa Ísis Deusas Romanas Deuses Gregos Deuses Mesopotâmicos Dion Fortune Dionísio Dragon Magick Dragões celtas Eros Esbats Filhos Gaia Gitta Mallasz Grande Mãe HARRY POTTER HAVE FUN Higéia Horas planetárias Iris Joseph Campbell Kindle Kodoish Kodoish Kodoish Adonai Tsebaioth Kuan Yin Lady Betwixt Litha Louise Hay MANTRAS Magia com dragões Mandalas Mágicas Marília Meditação Cabalística Merlin Mitologia Oriental Mitologia romana Música Niké Ovos de Ouro Paganismo Parcas Parole Patrick Fanning Paul Pearsall Pisquê REIKI Saint Germain Samhain Saudação de Órion Sexo Sagrado Steven Halpern Tolerância Tradição Diânica VIAGENS E TURISMO Yule arte sagrada contos crônicas download gratuito ebook erótico subscribe