O Espelho Mágico de John Dee


John Dee
Uma das razões para eu ir ao Museu Britânico foi ver as peças do John Dee. Então quando cheguei lá, fui direto à recepção e perguntei onde estavam as coisas dele. Foi difícil de achar, sabe? O moço procurou, procurou... John Dee está cadastrado no sistema do museu como "matemático".

Os objetos que eu queria ver estavam em uma sala muitíssimo interessante, chamada "Enlightment". Lá estão reunidos objetos interessantíssimos, da época em que os europeus começaram a "descobrir e classificar" o mundo. Estão lá peças do mundo todo, das primeiras coleções particulares que foram os embriões da arqueologia. Pois como nasceu a Arqueologia? Os europeus viajavam, fuçavam, escavavam, encontravam as coisas e simplesmente levavam as peças pra casa! Pode?!



Nessa minha viagem eu lembrei muito de um egiptólogo, dr. Zahi Hawass, que tem um programa no History Channel, (“O Caçador de Múmias”) – em um dos episódios eles recuperam um pedaço de uma mesa de oferendas do templo de Karnak, que é cuidadosamente transportado para o Egito e recolocado no lugar pelo dr. Hawass, muito emocionado. Ele diz então que qualquer peça egípcia devia ser devolvida ao Egito. No dia em que vi o programa, achei certo, e não pensei mais no assunto. Depois, lá no Museu Britânico, e depois no Louvre, e em Versailles, e de novo e de novo, me peguei pensando em como diabos todas aquelas peças, quadros e objetos maravilhosos tinham sido coletados por esses museus... Lembrei de séculos de guerras, espólios e prisioneiros de guerra, tudo mudando de mãos... Já imaginou se tudo isso tivesse de ser devolvido aos lugares de onde foram “coletados”? Mas se fossem devolvidos eu não teria visto e aprendido tudo o que eu aprendi, né?
Bom, voltando ao John Dee. A descrição dos objetos é algo bem , ahn, digamos, engraçada, pois mostra que o povo do Museu não sabe direito para que servem os objetos, considerando que Dee foi acusado de feitiçaria e necromancia...

“Este grupo de estranhos objetos é associado a John Dee (1527-1608/9), matemático, astrólogo e mago durante o reinado da Rainha Elizabeth I.
Uma figura respeitada porém controversa do seu tempo, Dee hoje é mais lembrado por seus experimentos em conjurar espíritos divinos usando alguns dos objetos dispostos aqui.”

Quando li essa descrição fiquei pensando cá com os meus botões...Será que a “classificação” dos outros objetos, às vezes datados de milhares de anos, é confiável?? Será???

Eu sempre quis "ver" o tal espelho mágico do John Dee. Pois então. eu vi. É feito de pedra polida. Obsidiana.

Abaixo algumas fotos do famoso espelho mágico que ele usava em seus contatos com os anjos. As fotos não são das melhores, pois as peças estão dentro de uma caixa de vidro que dá um reflexo absurdo. É uma ginástica tirar uma foto sem reflexo...

Espelho Mágico de John Dee

Capa onde era guardado o espelho

Ângulo Lateral da capa e do espelho mágico
 Em outros posts (veja aqui ) vou colocar fotos dos outros objetos a bola de cristal e os sigilos de cera, o Sigillum Dei Aemeth.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique por dentro das promoções!

Subscribe to our mailing list

* indicates required
Email Format

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...