Nomes das Fadas - 1

FADA: AGUANE
Fada que possui forma e medida humanas, com aspecto sedutor. Possui uma longa cabeleira, doce voz e grandes seios que alcançam até o joelho. Seu único defeito é ter os pés voltados para trás. Habita a zona italiana de Trentino. Só é visível às sextas-feiras e junto aos rios, já que elege esse dia para em suas margens colocar sua roupa para secar. Ela é considerada a defensora da natureza e pode voltar-se contra aqueles que contaminam as águas onde vive. Então pode trocar a forma, convertendo-se numa mulher muito velha e feia que ataca os homens. Inclusive pode chegar a enrolar seus longos cabelos nas pernas do indivíduo e arrastá-lo para o fundo das águas e matá-lo. Em algumas regiões dos Alpes recebe os nomes de Vivene, Pantegane e Bregostene. É uma fada associada FERLITIDADE.


FADA: AINE
Fada que habita com sua irmã Fenne nas margens do Lago Gur de Gales. É uma mulher muito bela, de longos cabelos dourados que se penteia junto à margem com um pente de ouro. Ela era adorada na véspera do Solstício de Verão (HN) e aparecia na noite de São João. Rainha dos reinos encantados e a mulher do Lago, é uma fada do amor, da fertilidade e do desejo. Possui um caráter benévolo, porém deve-se ter cuidado ao invocá-la, pois ela possui o poder de converter as pessoas em animais. Fada muito poderosa, cujos símbolos mágicos são: 'A égua vermelha', plantações férteis, o gado e o ganso selvagem. RItual: Para chamá-la bata três vezes no tronco de uma árvore com flores brancas.



FADA: ANNA
É uma fada-rainha dos ciganos húngaros. Ela é descrita como uma mulher muito bela e escuros olhos e pele negra. Habita um recôndito e oculto castelo, onde guarda grandes riquezas. Essa fada nos presenteia com muita prosperidade e sucesso profissional. RITUAL: para esse ritual, você precisará de uma pedra, uma vela vermelha e um galho de árvore grosso de uns 25 cm. Acenda a vela e observe a chama queimando por alguns instantes, depois pegue o galho e talhe nele as palavras: SUCESSO, DINHEIRO, ou aquilo que se dispõe a conseguir de bem material. Agora apanhe a vela e cubra a pequena pedra e as palavras que escreveu no galho com cera quente. Experimente então, a fronteira da consciência onde se encontram a cera quente (elemento fogo) e os objetos que representam a terra. Para encerrar o ritual, enterre a vela o galho e a pedra.


FADA: ANJANA
É a fada que personifica a bondade. Possui um rosto belo e atrativo, com longos e muito finos cabelos claros e de pele branca. Mede entre cinqüenta até cento e sessenta centímetros de altura. Aparece vestindo uma túnica comprida na cor branca, usa sandálias e geralmente leva em uma de suas mãos um bastão colorido com propriedades mágicas. Adorna seus cabelos com guirlandas de flores silvestres de diversas cores. Se alimenta de mel e frutas do bosque. Elas ajudam a encontrar o caminho de volta à todos aqueles que se perdem em seus bosques. Socorrem os enfermos com uma bebida milagrosa, cuidam dos rebanhos e limpam as fontes e os arroios. Dizem que as anjanas conhecem a linguagem da natureza e podem conversar com os animais e as fontes. Premiam as pessoas generosas e de bom coração. Vive em grutas ou covas secretas onde guardam fabulosos tesouros. É a fada que tem o poder de conceder DESEJOS e de CURAR.


FADA: ARAPTES
Fada natural da Sibéria. É uma jovem muito bonita, com tamanho semelhante de uma mulher normal e de graciosas formas. Vive nas proximidades das correntes de água. É protetora da natureza. RITUAL: Ofereça-lhe um pãozinho de centeio com um pouco de mel. Coloque a oferenda ao pé de qualquer árvore.


FADA ARGAY
Argay tem o poder de emitir vibrações de sucesso e auto-confiança. Pode ser invocada para nos livrar de pensamentos negativos, para nos ajudar a sair da depressão e para termos uma visão da vida mais clara e mais otimista. Ritual: a cor dessa fada é azul, portanto acenda uma vela azul com seu nome escrito de cima para baixo e faça um pedido. Pode acender um incenso de flores.


FADA: ARIANRHOD
Fada galesa marinha que habita as profundezas dos lagos. Se encontra unida ao destino dos homens. Seu refúgio é um castelo no fundo da água, onde guarda seus conhecimentos sobre o futuro de cada pessoa. Ela representa os elementos Ar e Água. Na tradição celta, essa fada é uma Deusa que se apresentava de dupla forma, como Virgem e Mãe, Padroeira da Lua, da Noite, da Sexualidade, da Justiça, da Magia e do Destino. Mais tarde, é apresentada como uma Deusa-Mãe, girando a Roda de Prata e transformando-a em uma barca lunar. Seus símbolos são a Lua Crescente, as estrelas e os raios da lua. Ritual de proteção: Vista um peça do vestuário na cor verde-claro nas sextas-feiras.


FADA: ARIFA
Fada doméstica natural de Marrocos que se dedica a cuidar das famílias com as quais convive, pois sente especial predileção por eles. É uma fada associada à PROSPERIDADE e a ABUNDÂNCIA. RITUAL: Ela gosta muito de restos de bolo de aniversário, portanto quando realizares esse tipo de festividade não esqueça de guardar um pedaço para ela. Deve colocar o pratinho ao lado de um vaso bem florido.


FADA: ARIL
Fada que impera sobre os ventos portadores de novidades. A graça e a leveza de Aril favorece as relações eficazes e duradouras. Os protegidos dessa fada sabem o que fazer para alcançar os seus propósitos, já que Aril os dota de poderes para desenvolver a inteligência e a capacidade de expressão. Com pouco esforço, ela o ajudará a ser um grande líder. Aril proporciona êxitos imediatos, mas também pode levá-los mais rápido do que o vento, se você não for merecedor. Aril é a Princesa dos Espíritos Silfos que nos presenteia com a sua vivacidade e bom humor. Em cada sucesso alcançado, sente-se o hálito de Aril. Os Silfos (elementais do ar) são os espíritos guardiões de março. Quando chove durante a noite, há uma festa dos silfos. Não reclame! E Os antigos acreditavam que as chuvas e tempestades de março eram benéficas e mágicas, trazendo bênçãos dos céus. Recolha dessa água e use-a em suas magias.


FADA: ASRAI
Fada aquática muito bela e delicada, que habita os rios e lagos da Grã-Bretanha. Mede em torno de vinte centímetros de altura. Seus cabelos são longos e de coloração verde e apresenta os pés cobertos por uma membrana, semelhantes aos pés dos patos. Somente sai de noite e quando não há lua cheia, pois a luz pode causar-lhe um dano irreparável. Por isso, se há um mero fragmento de luz, volta a submergir na água. Se tiver contato direto com o sol se converte em um charco de água e desaparece. Ritual: A Fada Asrai é a protetora de nossos sonhos, evitando que tenhamos pesadelos. Para conseguir sua proteção acenda uma vela verde à margem de um rio ou lago, em uma noite de lua minguante.


FADA: ÁUREA
Áurea é a fada que habita a flor conhecida como botão de ouro. É descrita como uma menina de cabelos loiros e aspecto sonhador e romântico. Usa um vestido feito com sedosas pétalas amarelas e apresenta duas asas duplas de borboleta. Essa fada proporciona melhoria aos enfermos e ajuda a aumentar o amor próprio. Conta com a particularidade de ter em suas asas um pó semelhante aos dos lepidópteros e sem o qual não poderiam voar. RITUAL: Siga a primeira borboleta que passar em sua frente, aguarde até que ela pose em um flor e, pedindo licença para natureza, leve-a consigo como um talismã.


FADA: BANSHEE
Fada irlandesa cujo nome significa 'Mulher Fada'. Adota o aspecto de uma mulher anciã, de rosto muito enrugado e feio, com o cabelo de cor vermelha e tez muito pálida. Possui um só dente na boca, seu nariz é demasiado grande e seus peitos totalmente desproporcionais, que caem até os joelhos. Seus olhos são de cor vermelha e sempre estão chorando. Aparece vestida com roupas verdes e uma capa cinza. Seu grito é presságio de morte para quem o escuta ou para um membro de sua família. Ela é conhecida também com os nomes de 'Pequena Lavadeira do Valo' por que pode ser vista lavando as vestes de quem vai morrer. Também existe nas Terras Altas da Escócia, e ali recebe os nomes de 'beannighe' ou 'bean nighe'.

FADA: BEFANA
O nome Befana é derivado do epifania da palavra, o nome italiano para o festival religioso do Epiphany. Antes da tradição do Papai Noel, as crianças italianas recebiam presentes na noite de natal da fada Befana. Mas isso, se houvessem se comportado bem durante todo o ano, caso contrário a fada deixava carvão no lugar dos brinquedos. Sua lenda está vinculada com o nascimento de Jesus Cristo. Conta-se que uma noite viu no céu uma estrela de luz muito brilhante e em seguido apareceram à sua porta uma caravana conduzida por três homens sábios que convidaram Befana para juntar-se à eles. Mas a fada estava tão ocupada que recusou o convite, mas em seguida arrependeu-se. Preparou uns presentes para o menino recém-nascido, pegou a vassoura para ajudar à mãe a limpar o lugar e partiu. Procurou e procurou pelo bebê Jesus e cansou-se. Foi então que anjos surgiram da luz brilhante da estrela e fizeram com que Befana voasse pelo céu montada em sua vassoura. Mesmo assim, a fada não encontrou o bebê divino, mas continua procurando até hoje e, a cada ano, na época do Epiphany, ela vai de casa em casa onde haja uma criança para ver se é a que procura. Embora nunca seja, Befana deixa um presente para cada uma. De alguma forma sua procura não é em vão, pois o espírito do Menino Jesus pode ser encontrado em todas as crianças. RITUAL: Befana também gosta de receber um agrado, portanto na manhã de Natal bem cedinho, coloque na janela um vaso com flores de natal, junto com balas e doces.


FADA: BIANCA
A fada Bianca é descrita como uma menina de cabeleira ruiva coberta com um gorro de folhas com forma triangular. Seu corpo é de uma criança e veste-se com roupas singelas. Ela é considerada a fada protetora dos bebês. RITUAL: Deixe embaixo do berço do bebê um copo com água e mel.


FADA: BRANWEN
Fada irlandesa considerada a Senhora da Primavera. É uma mulher jovem, muito esbelta, que se apresenta vestida de verde, se adorna com pedras preciosas e cobre a cabeça com um penacho de flores de variadas cores. Cuida e protege a fecundidade das mulheres. Só podemos vê-la quando chega a primavera, já que quando acaba a estação ela desaparece. Seu animal de poder é o corvo branco. Ritual de Proteção: Todas as sextas-feiras use uma roupa de cor rosa ou acenda um incenso de rosas.


FADA: BUKURA
Fada albanesa muito poderosa, cujo nome significa 'Beleza da Terra'. Possui grande beleza e é muito benévola. Se mostra sempre disposta a ajudar os homens em qualquer de suas atividades. O Deus supremo Tomor é seu amante. Algumas vezes aparece associada ao subterrâneo, apresentando aspectos demoníacos. Ela é também um símbolo da felicidade. RITUAL: Peça-lhe para lhe trazer muita sorte no amor escrevendo em um papel azul uma poesia. Depois coloque-o na gaveta onde guarda suas roupas íntimas.

FADA: CAILLEACH
Fada das Terras Altas da Escócia, onde é considerada a Rainha do Inverno, justamente porque só pode ser vista nessa época do ano. Sua forma é de uma mulher jovem e bela, com uma longa cabeleira branca e rosto azulado pelo frio. É benévola com os homens. Existe outra Caillech na ilha de Man, onde se acredita ser um elemental do ar com poder sobre o clima. No dia de Cailleach, 01 de novembro, peça que leve embora todo o mal de dentro e de fora de você, escrevendo num papel o que acreditar que é ruim; queime então o papel na chama de uma vela de cor escura, e em seguida lave as mãos com água e sal.

FADA: CAOINEAG
Fada das Terras Altas da Escócia, que pode se ouvir gemer na escuridão junto às cascatas, sem poder vê-las. Ela é descrita como uma mulher de pequeno tamanho, trajando um vestido curto de cor verde e com uma touca branca na cabeça. A tradição escocesa considera que escutar seus lamentos é sinônimo de desgraça familiar, ou premonição de uma morte. Como não se pode vê-las ou aproximar-se delas, é impossível pedir-lhe três desejos, como se faz com as demais banshee. RITUAL: como novembro é o mês escolhido para homenagearmos os mortos, o ritual a ser feito é uma visitação aos túmulos de nossos ancestrais e adorná-los com lindas flores, agradecendo a fada Caoineag por acompanhar com carinho nossa família e pedir que quando for a nossa vez de acompanhá-la, que nosso sofrimento seja breve.
FADA: CARLIN
Fada escocesa considerada a Rainha do Outono. Aparece como uma jovem muito bela, esbelta, que aparece vestida de folhas secas e musgo. Se adorna com frutos da estação encontrados nos bosques. Só aparece no outono e gosta de dançar entre as árvores, levantando e criando redemoinhos com as folhas secas. RITUAL: Para atrair essa fada escute músicas com flauta e dance chamando seu nome.

FADA: CLIODHNA
Cliodhna é uma fada-gaivota. Seu nome significa algo bem formado, pois ela é a mulher mais bonita que já se viu quando toma a forma humana. Uma grande onda do mar a varreu para longe, para o Outro Mundo das terras encantadas, a um lugar na costa Sul da Irlanda. Por causa disso, ela governa a nona onda de cada série de ondas. Ela também possui três pássaros mágicos, os quais cantam nos sonhos dos doentes, fazendo-os melhorar. Ela é a Rainha de Munster. Além dos pássaros, possui como símbolo a maçã. RITUAL: Entre em alfa e visualize três pássaros dourados voando sobre você. Escute o som de seu canto e depois peça saúde e proteção para você e toda a sua família. Como oferenda jogue sementes de girassol ao ar livre para que os pássaros possam comê-las.

FADA: DAMA DE CASTRO
É uma fada galega que habita um palácio de cristal situado debaixo de algum castro, ou seja, as torres derrubadas da Galícia (construções celtas muito antigas). A Dama de Castro ou a Dama Encantada, é uma mulher jovem e muito bela, que as vezes, aparecia na forma de um animal, ajudava e atendia a todos que passavam perto de sua vivenda. Ela sempre prefere aparecer quando sabe que a pessoa se encontra em algum aperto ou está asfixiada por alguma desgraça, daí ela anuncia-se assim: -'Não tenhas medo, pois sou a Dama do Castro!' E depois oferece a ajuda ou um conselho para que a pessoa possa resolver seu problema. A generosa Dama também é protetora das crianças, que estando sós, possam correr algum perigo.

FADAS: DAMAS BRANCAS
Família de fadas natural do norte da Europa, sobretudo da Alemanha, onde recebem o nome de 'Weisse Fragüen'. Vivem em regiões próximas de castelos antigos, nas pequenas aldeias e em árvores e arbustos. São altas e esbeltas, de aspecto muito agradável. Possuem uma grande luminosidade branca em torno de todo o corpo e é por isso que se diz que elas possuem um corpo que parece imaterial. Estão sempre vestidas com a cor branca e cobrem a cabeça com um véu também de cor branca. Há quem as considerem como fantasmas das fadas. São fadas benévolas e identificadas com as boas fadas. RITUAL: Coloque pétalas de uma flor branca dentro de um pratinho com água na porta de sua casa, pedindo renovação de energias e muito amor.

FADAS: DAMAS VERDES
Família de fadas muito etéreas que são as que têm contato com o ar. Alguns investigadores as consideram elementais do ar. Só habitam os castelos em ruínas em seus jardins, por isso sua vestes são de cor verde. São altas, belas e graciosas. Vivem, sobretudo, na zona leste da França e na Inglaterra. Seus deslocamentos são muito rápidos e para realizá-los aproveitam o impulso do vento. Uma das mais famosas é a Dama Verde de Caerphilly, que se transforma em uma planta quando tem que abandonar o castelo em ruínas onde habita, aparecendo como hera. RITUAL: Traga um plantinha nova para sua casa e cuide dela com muito carinho.

FADA: DAVEY
A fada Davey possui um rosto infantil e seu olhar revela os impulsos elementares de sua atividade. Se adorna com uma coroa de pétalas de margarida e um colar das mesmas flores. Possui grande energia que é capaz de compartilhar com quem a vê.

FADA: DAISY
A fada Daisy é descrita como uma menina de rosto infantil e loira. Usa uma blusa da cor verde, graças a qual pode camuflar-se entre as folhas e ervas. Representa a beleza, a fidelidade e a pureza.

FADA: DEIVE
Fada lituana de tamanho semelhante a uma mulher normal, muito bela, com grandes olhos azuis e cabelos compridos, Ela gosta de ajudar as mulheres quando estão próximas de dar à luz e cuidar de seus filhos.

FADAS: DONZELAS CISNES
A história da Donzela cisne se encontra em todo o mundo, porém na Grã Bretanha é encontrado principalmente nos contos de fadas célticos. É possivelmente as histórias mais relatadas, sobretudo quando se quer relacionar uma fada com um homem e contar uma história de amor entre ambos, que geralmente não acaba bem. As fadas em forma de cisnes, viajam, a maioria das vezes, aos pares, ligadas por uma corrente de ouro e prata. Quando pousam na terra, tiram sua plumagem e parecem nuas, perto de lagos ou cursos de água. O cisne é uma das formas mais usuais que tomam as fadas, porém também podem aparecer como pombas ou perdizes. As fadas cisnes são portadoras da felicidade.

FADA: ELLYLLON
É uma fada diminuta que vive no País de Gales e se alimenta de cogumelos e da manteiga que as fadas extraem das raízes das árvores velhas. Vivem nos bosques, perto das colinas, em regime de comunidade. Essa fada restitui a força e o entusiasmo pelo trabalho. Conduz ao caminho da prosperidade e afugenta a má sorte. Ritual para obter seus favores: frite cogumelos com manteiga e coloque próximo de que qualquer árvore ao lado de uma vela verde acesa.

FADA: FIEMME
Fiemme é a fada protetora das crianças, amante do fogo, que adora fazer fogueiras com ervas aromáticas. Ritual: recolha fios de cabelo de seu filho ou filha de uma escova. Confeccione uma vela derretendo parafina em banho-maria, colocando dentro os fios de cabelo e invocando a fada Fiemme para protegê-lo(a). Quando terminada a vela leve-a até o quarto de seu filho(a), quando ele(a) não estiver, mas ainda não a acenda. Somente no quinto dia deve acendê-la quando seu filho(a) não estiver em casa. A vela se consumirá rapidamente e você nesse momento deve mentalizar todo seu amor por ele(a) e pedir que a fada o(a) proteja de qualquer dano físico. Para adicionar mais proteção à toda sua família, visualize um dragão adormecido com seu luzidio corpo verde enroscado em torno da sua casa.

FONTE DO TEXTO : SITE ASTROLOGOS ASTROLOGIA




 atualização 04-12-14

Oi gente!

o blogger tá dando pau de novo! Não consigo responder nenhum comentário . Então vou responder aqui:


Oi, Tália!

Que legal a sua experiência! Tem tanta gente doidinha pra ver fadas, e com você foi tão espontâneo!
Adorei o seu comentário!

Beijos

Andrea

3 comentários:

  1. amei essa coisa de saber como são as fadas e saber que elas são boas

    ResponderExcluir
  2. Oi, roberta!
    Obrigada por visitar o blog!
    Eu também adoro fadas, duendes, elementais em geral. Pena que ainda não vi nenhuma!!
    Você viu que eu também publiquei listas comos nomes e descrições dos duendes e gnomos?
    Um abraço,
    Andrea

    ResponderExcluir
  3. ola, adorei o blog ele e simplesmente maravilhoso. queria dizer que atravessando a minha rua ja e a praia e la tambem se encontra arvores e restingas. e um dia voltando da praia sozinha, passando por esse campo eu tive a rapida visao e avistamento de um ser considerando uma fada, pois num minuto eu olhei e a avistei passando voando bem proxima do chao bem perto de mim. no momento nao entendi ao certo o que era mais eu a vi tao bem que percebi ate detalhes.ela era bem pequena.cabelos longos castanhos dourados,pele meio clara e usava uma roupinha verde clara e verde escura. nao sei ao certo o que houve pois eu a vi passando num minuto e ela me viu olhou e depois sumiu como num passe de magica diante dos meus olhos. bom me senti muito especial por ter visto esse ser magico! e tenho simplesmente certeza do que vi! beijoos obg rs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...