O feminino e seus arquétipos -As sete deusas gregas - 1

"Temos, como representação dos padrões arquetípicos femininos sete exemplos retirados da
Mitologia Grega que, de acordo com Jean Shinoda Bolen, psiquiatra junguiana, são a projeção dos arquétipos do sexo feminino. Sua divisão se dá em:

1. Invulneráveis – as três grandes deusas virgens: Ártemis, Atená e Héstia, as
quais nunca se deixaram dominar por seus pares masculinos.

2. Vulneráveis - três deusas: Hera, Deméter-Coré ou Deméter-Perséfone, que foram violentadas, raptadas ou humilhadas por seus consortes.

3. Afrodite fecha os arquétipos e representa uma deusa alquímica. Por estar sujeita a transmutações, tanto é a inspiradora dos amores carnais (Afrodite Urânia) como
também o é do amor etéreo, superior (Afrodite Celeste).

Mas o que são Arquétipos?



Arquétipos são fontes derradeiras daqueles padrões emocionais de nossos pensamentos,sentimentos, instintos e comportamentos. No caso, arquétipo feminino é tudo o que pensamos com criatividade, inspiração, tudo o que acalentamos, amamentamos, gostamos, todas as fusões e impulsos de absorver, reproduzir, tudo o que nos impele á união e a proximidade humana, é lua, água, ciclo. É receber, acolher, enfeitar, proteger, é lutar pelo bem dos amados, é ser onça, leoa, materna. E, assim como não somos apenas o signo do Sol no nosso mapa, mas sim a conjunção de todos os signos e planetas, também não somos apenas um dos aspectos presentados e sim todos os arquétipos, já que somos influenciados por eles no decorrer de um mesmo dia e na própria vida.

A abordagem mitológica ajuda na compreensão do ser humano e em seu posicionamento no mundo que o cerca. O mito serve como elemento de orientação. Assim como os pais ensinam os filhos
como e a vida, relatando-lhes as experiências vividas, os mitos também fazem a mesma coisa, porém num sentido mais amplo, delineando padrões para a caminhada existencial, com o recurso da
imagem e fantasia. Jung vê o mito “como uma verdade profunda de nossa mente”.

 Porque trabalhar com esse arquétipos femininos?

Vou recorrer à explicação de Esp. Itamara Scaini (o link do documento completo para você ler está no final do post):

No íntimo das mulheres contemporâneas, as deusas existem como arquétipos e podem cobrar seus direitos e reivindicar domínio sobre suas súditas. Mesmo sem saber a qual deusa está submissa, a mulher, ainda, assim, deve dar sua submissão a um arquétipo determinado por uma época de sua vida ou por toda a existência. Jung chama o arquétipo das deusas de "Transformadoras", porque tendem a surgir em momentos de mudança em nossa vida, como na adolescência, casamento, morte de um ente querido, modificando totalmente nossos sentimentos, percepções e comportamentos. Uma vez que a mulher se torne consciente das forças que a influenciam, adquire total poder sobre este conhecimento. As deusas embora invisíveis, são poderosas e modelam e influenciam o comportamento e emoções.

Quanto mais uma mulher souber sobre suas deusas dominantes, mais centrada ela se tornará, tendo o perfeito domínio sobre seus instintos, habilidades e  possibilidades de encontrar um significado especial através das escolhas que fará.


Os sete arquétipos / deusas gregas são:


1. ÁRTEMIS / DIANA - A Solitária Deusa Selvagem
2. ATENAS/MINERVA -A Deusa da Sabedoria e da Civilização
3. HÉSTIA / VESTA - A Deusa da Lareira
4. HERA / JUNO -A Deusa do Casamento e do Poder
5. DEMÉTER/CERES -A Deusa dos Ciclos da Vida
6. PERSÉFONE (KORÉ) / PROSÉRPINA (CORE) -A Deusa do Mundo Espiritual e Oculto
7. AFRODITE / VÊNUS -A Deusa do Amor, Sexualidade e da Arte

E aqui estão imagens que eu recolhi na Internet (links dos sites/blog originais nas próprias imagens), para você pintar, meditar e invocar cada uma dessas deusas na sua vida....
 ÁRTEMIS / DIANA

ATENA / MINERVA
HÉSTIA / VESTA


 

 HERA/ JUNO



















CERES / DEMÉTER

 DEMÉTER / CERES

PERSÉFONE / PROSÉRPINA

AFRODITE / VÊNUS

AQUI , no RODA DE MULHERES, você pode baixar o pdf completo (citado no início do post)sobre os 7 Arquétipos do Feminino, com a explanação completa.  UPDATE 12-10-15 Este link do Roda de Mulheres não está funcionando mais. Achei o mesmo arquivo para baixar AQUI.

AQUI tem outro texto (de Esp. Itamara Scaini) sobre os arquétipos femininos jungianos. UPDATE 12-10-15. Este link também morreu. Infelizmente, não consegui achar outra fonte para o texto.

AQUI, no BLOG DA BETH CRUZ,um resumo das Sete Deusas.
AQUI, no SOMOS TODOS UM, tem outro resumo, da Sara.

2 comentários:

  1. Perfeito vou compartilhar e dar os devidos créditos. A minha página ainda está em criação ainda não está terminada mas visite-a por favor. Abraço.https://www.facebook.com/lupsicoequo/?ref=bookmarks

    ResponderExcluir

Fique por dentro das promoções!

Subscribe to our mailing list

* indicates required
Email Format

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...