A Casa Incendiada

Tinha um site lindo, lindo com um montão de histórias e parábolas budistas. Uma dessas histórias era :"A Casa Incendiada"

Osite era ESSE, do Sandro, montado a partir do trabalho de mais de 500 budistas de todo o mundo. Além das histórias você podia encontrar lá explicações sobre o Buda Sakyamuni, o Buda Nitiren Daishonin e a Soka Gakkai International (que eu frequentei por 10 anos, e da qual miha mãe e meu irmão ainda fazem parte). Mas parece que o site saiu do ar. Estou pesquisando as histórias que tinha lá, tlavez eu tenha guardado em algum cd, e vou publicar algumas aqui, conforme eu for achando.



:"A Casa Incendiada"


 Um riquíssimo pai de família possuía uma grande casa, mas as suas velhas paredes estavam carcomidas, os seus pilares apodrecidos e o tecto muito seco e inflamável. E aconteceu que um dia sentiu o cheiro a fogo. Saiu precipitadamente da casa, viu-a em chamas e ficou horrorizado, pois amava ternamente os seus filhos e sabia que, ignorando o perigo, estes continuavam a brincar no interior.

Desesperado, pensou: «Que posso fazer? As crianças são ignorantes e é inútil avisá-las do perigo. Se não as for salvar, morrerão, e mesmo salvando uma a uma, as outras não se salvarão». De súbito, ocorreu-lhe uma ideia: «Os meus filhos adoram brinquedos - pensou -, se lhes prometer uns magníficos, ouvir-me-ão».
E então começou a gritar: «Filhos, vinde ver a grande festa que vos preparei. Aqui há brinquedos para todos vós como nunca haveis visto. Rápido, que depois é tarde».

As crianças surgiram logo d´entre as ruínas. A palavra «brinquedos» tocou-lhes no espírito. Então, o bom pai, na sua alegria, comprou-lhes os mais belos brinquedos e quando se aperceberam que a casa estava destruída, compreenderam a boa intenção do pai e louvaram a sabedoria do seu salvador.

O Tathâgata sabe que as crianças amam o falso brilho dos prazeres mundanos e descreve-lhes a bondade da Justiça, esforçando-se também em salvar as suas almas da perdição, dando-lhes os tesouros espirituais da Verdade.
FONTE DO TEXTO.

Leia outras histórias budistas publicadas no blog:

 O Caminho do Meio

A parábola do bom médico


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique por dentro das promoções!

Subscribe to our mailing list

* indicates required
Email Format

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...